Os padrões internacionais para as plataformas aéreas passaram por modificações e as locadoras estão começando a se adaptar a essas novas exigências e, para assegurar que essa transição não seja problemática, as empresas que alugam esses equipamentos vão desempenhar um papel de extrema importância no que diz respeito a comunicação com os clientes e operadores de plataformas, ajudando essas pessoas a compreender esses novos padrões.

Esses novos padrões possuem um forte impacto sobre os operadores e usuários das plataformas aéreas, afetando também os gerentes de frota e os proprietários de equipamentos, que precisarão enfrentar novos desafios ao utilizar essas máquinas, lidando com questões ligadas ao treinamento no local de trabalho e à conformidade de clientes e técnicos de serviço.

Como isso é muito importante, vale a pena ressaltar algumas áreas que devem ser consideradas pelas empresas de locação e pelos revendedores, de modo a garantir a conformidade das operações com esses novos padrões.

Treinamento

Os novos padrões internacionais estabelecem os conteúdos específicos que devem ser abordados nos cursos de treinamento de operadores de plataforma aérea, ou seja, por mais que o curso aborde as exigências reconhecidas até o presente momento, é importante se adequar a esses novos padrões e passar a englobar esses novos conteúdos no treinamento dos operadores. Além dos operadores, os supervisores e ocupantes da plataforma também precisarão passar por esses treinamentos.

Equipamentos

As plataformas aéreas agora passam a ser divididas de acordo com a sua classificação, o que quer dizer que o treinamento do operador vai ocorrer de acordo com essas classificações específicas.

Manutenção e Planejamento

O proprietário da plataforma aérea é obrigado a concluir qualquer manutenção essencial do equipamento durante o período de locação e, caso esse período de locação seja maior que 12 meses, o proprietário é obrigado a realizar a inspeção anual da plataforma. Por mais que os usuários sejam os responsáveis pela manutenção e inspeção diária do equipamento, esses novos padrões exigem que a data de expiração da inspeção anual seja marcada na plataforma.

Para mais informações sobre esses novos padrões, é importante que você procure ler o documento na íntegra, pois fizemos um breve resumo para que você saiba um pouco mais das áreas que essas mudanças vão atingir e se você quiser conhecer mais sobre modelos de plataformas aéreas, acesse já o site da PTA Rental e confira.